Portal da USP Portal da USP Portal da USP

A liberdade de imprensa e seus limites: imprensa e poder político no Estado de Buenos Aires durante a década de 1850

Fabio Wasserman

Resumo


O artigo analisa as relações entre a imprensa e o poder político em Buenos Aires durante a década de 1850. Após a derrota de Juan Manuel de Rosas no início de 1852, produziu-se um processo de renovação e de ampliação da vida pública provincial. Um dos traços mais característicos deste processo foi a expansão da imprensa e sua utilização pelos distintos setores políticos para interpelar, modelar e orientar uma crescente e influente opinião pública. Vários autores relacionam este fenômeno com a existência de uma ampla e quase irrestrita liberdade de imprensa promovida por uma liderança liberal. O trabalho propõe discutir esta última caracterização analisando os debates relativos à necessidade de colocar limites a essa liberdade e, sobretudo, as medidas tomadas pelos sucessivos governos para controlar a imprensa e calar as vozes opositoras através do fechamento, multas e desterros, etc.

Palavras-chave


legislação;história política;liberalismo;imprensa;opinião pública;Buenos Aires

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.1808-8139.v0i10p130-146

Métricas do Artigo

Carregando métricas...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.