Portal da USP Portal da USP Portal da USP

Neurose obsessiva na infância - contribuições psicanalíticas

Gustavo Adolfo Ramos Mello Neto, Viviana Carola Velasco Martínez, Ângela Cristina da Silva, Bianca Primak

Resumo


Como parte da pesquisa sobre a neurose obsessiva depois da publicação das obras de Freud, este artigo apresenta uma revisão bibliográfica a respeito da formação e o desenvolvimento da neurose obsessiva na criança no discurso pós-freudiano. O material foi organizado em temas: casos clínicos, origem e desenvolvimento, período de latência e lugar da mãe. Diversos pontos de vista são apresentados, e discute-se se existe, de fato, para os autores, neurose obsessiva como um quadro patológico propriamente dito na infância. A maioria dos autores se recusa a aceitar a neurose obsessiva na infância enquanto quadro realmente estabelecido.

Palavras-chave


neurose obsessiva; infância; psicanálise com crianças; desenvolvimento libidinal.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.1981-1624.v19i1p128-149

Métricas do Artigo

Carregando métricas...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.