Portal da USP Portal da USP Portal da USP

Fisioterapia Preventiva Atuando na Ergonomia e no Stress no Trabalho

Samira Tatiyama Miyamoto, Celita Salmosos, Aida Mehanna, Alberto Erico Batistela, Tamara Sato, Maurício Lopes Grego

Resumo


Qualidade e eficiência se cria e se constrói, é um processo longo que requer dedicação e muita saúde, tanto física quanto mental. Desse modo, toda empresa percebendo que a Qualidade Total passa pela Qualidade de Vida dos seus colaboradores está  com certeza significativos degraus a frente dos seus concorrentes. Participaram 110 funcionários do Setor Centro de Operações da empresa SERCOMTEL S.A. Este trabalho visou relacionar a prevenção do estresse ocupacional com a abordagem ergonômica do posto e situação do trabalho, a fim de proporcionar a racionalização e a humanização deste e de obter satisfação e motivação pessoal, e ainda, atenuar as repercussões músculo-esqueléticas, como a D.O.R.T. (distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho). Foram utilizados questionários, entrevistas, fotos e check-lists para avaliação ambiental. Palestras e folders, para informação e conscientização, foram oferecidos paralelamente às atividades práticas, que abrangeram métodos fisioterapêuticos preventivos, como relaxamento, percepção corporal, alongamento, exercícios físicos e atividades recreacionais . O trabalho teve duração de três meses, obtendo-se como resultado a comprovação da importância e da forte contribuição da Fisioterapia nos Programas de Qualidade de vida e Promoção da Saúde nos locais de trabalho.

Palavras-chave


Fisioterapia, métodos; Estresse, prevenção e controle; Engenharia humana; Transtornos traumáticos cumulativos, prevenção e controle; Qualidade de vida; Saúde ocupacional

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.1590/fpusp.v6i1.79596

Métricas do Artigo

Carregando métricas...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.