Portal da USP Portal da USP Portal da USP

A comunidade: da sociologia clássica à sociologia contemporânea

Alan Delazeri Mocellim

Resumo


A comunidade é um dos conceitos de maior importância, desde o nascimento da Sociologia. Sua relevância permanece tal que o debate em torno de sua definição é contínuo, adentrando a teoria social contemporânea. Recorrente nesse debate é a dicotomia entre comunidade e sociedade e entre a forma de vida tradicional e a moderna. Neste artigo, debatem-se algumas das principais teorizações clássicas e contemporâneas sobre a ideia de comunidade, enfocando principalmente as teorias que contrapõem as relações sociais comunitárias e a individualização característica da vida moderna. Entre os “clássicos” da Sociologia, optou-se por debater as teorias de Émile Durkheim e Ferdinand Tönnies, e, entre as teorias contemporâneas, optou-se pelas de Michel Maffesoli e Zygmunt Bauman. O objetivo aqui é demarcar divergências e similitudes entre suas diferentes abordagens.


Palavras-chave


comunidade; sociedade; individualização; identidade; tribalismo.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.2176-8099.pcso.2010.74542

Métricas do Artigo

Carregando métricas...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais