Portal da USP Portal da USP Portal da USP

Efeito de diferentes regimes de tratamento pós-parto com PGF2α sobre o desempenho reprodutivo de vacas leiteiras

Reza Narenji Sani, Hamid Reza Mohammadi, Ali Mahdavi, Hosein Dadashpour

Resumo


O objetivo do presente trabalho foi avaliar os efeitos do tratamento pós-parto precoce com PGF2α sobre o desempenho reprodutivo de vacas leiteiras sincronizadas para reprodução controlada por monta natural após o período de espera voluntário. Neste experimento, 120 vacas foram distribuídas em três grupos independentes da presença ou ausência de corpo lúteo. Vacas no grupo PG-14 foram tratadas com PGF2α a partir do 14o dia pós-parto, vacas do grupo PG-28 foram tratadas com PGF2α a partir do 28o dia pós-parto e as vacas do grupo PG-42 não foram tratadas com PGF2α até o final do período de espera voluntário (d42). Após o 42o dia pós-parto as vacas dos três grupos foram tratadas com PGF2α com intervalos de 14 dias até a monta natural após o período de espera voluntário. Os registros dos parâmetros reprodutivos incluíram: dias para o primeiro estro, dias para a primeira cobertura, dias em aberto, serviços por concepção, taxa de concepção, percentagem de animais repetidores de cios e as perdas de gestações. O tratamento precoce com PGF2α, a partir do 14o dia pós-parto reduziu significativamente os dias para o primeiro estro (34,9 ± 0,74, P < 0,003), dias para a primeira cobertura (62,35 ± 1,53, P < 0,04), dias em aberto (117,23 ± 3,1, P<0,001) e o número de serviços por concepção (1,9 ± 0,009, P < 0,02); e o grupo PG-14 apresentou um acréscimo na taxa de concepção (52,5%, P < 0,05). A proporção da síndrome de vacas repetidoras de cios tendeu a ser afetada pelo tratamento com PGF2α a partir do 14o dia pós-parto. A conclusão obtida foi que o tratamento das vacas com PGF2α a partir do 14o dia pós-parto melhorou o desempenho reprodutivo dos animais.


Palavras-chave


PGF2α; Pós-parto; Reprodução controlada; Monta natural

Texto completo:

PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.1678-4456.bjvras.2016.107631

Métricas do Artigo

Carregando métricas...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.