Portal da USP Portal da USP Portal da USP

Atitudes de brasileiros no uso de animais em pesquisa

Ana Paula Oliveira Souza, Carla Forte Maiolino Molento, Vanessa Carli Bones, Jaqueline Quadros, Catherine Anne Schuppli, Daniel Martin Weary

Resumo


Há poucos estudos sobre a opinião de latino-americanos quanto ao uso de animais em pesquisa. Este estudo avaliou o grau de apoio e as motivações de brasileiros em relação a essa questão. Os participantes foram aleatoriamente apresentados a dois cenários, um biomédico e outro ambiental, variando também o número de animais usados. Cada cenário se iniciava com o uso de suínos convencionais e prosseguia com o desenvolvimento e uso de animais geneticamente modificados. Foram analisadas 151 respostas quantitativas e 307 qualitativas. O cenário e o número de animais tiveram pouco efeito no apoio ao uso dos animais, no entanto, a oposição aumentou de 25% para 58% quando o uso de suínos geneticamente modificados foram apresentados no cenário ambiental. O apoio ao uso de animais em pesquisa estava frequentemente condicionado ao grau de bem-estar animal, e o apoio à pesquisa diminuiu com o uso de animais geneticamente modificados, em parte, devido aos riscos associados a essa tecnologia.


Palavras-chave


Ética animal; Bem-estar animal; Experimentação animal; Engenharia genética

Texto completo:

PDF (English)


DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.1678-4456.bjvras.2017.114440

Métricas do Artigo

Carregando métricas...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.