Bakhtin e Possenti em diálogo: caminhos para a compreensão do fenômeno do riso/humor na contemporaneidade

Autores

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2236-4242.v37i1p245-267

Palavras-chave:

Análise do discurso, Mikhail Bakhtin, Sírio Possenti, Enunciados e gêneros tipicamente humorísticos, Enunciados e gêneros carnavalizados

Resumo

Partindo dos textos principais de Mikhail Bakhtin (2010[1965]; 2013[1963]; 2017[1970-1971]; 2019[1965]) sobre o riso, este artigo visa responder a duas perguntas: (i) como podemos afirmar a existência de uma ligação entre o riso situado no contexto da cultura popular e cômica medieval e o riso contemporâneo? e (ii) como localizar, descrever e analisar o riso em termos discursivos em um corpus? Para tanto, a teoria bakhtiniana é confrontada com textos de Sírio Possenti (1991; 2003; 2007; 2018) sobre o humor, gerando uma (re)leitura dialógica que traça pontes entre as reflexões bakhtinianas sobre o riso em seu alcance histórico máximo e as diversas formas do humor contemporâneo, tal como caracterizadas por Possenti. A partir desse entrecruzamento teórico, propõe-se uma linha de compreensão do humor enquanto fenômeno discursivo, bem como uma interpretação da organização de suas manifestações contemporâneas: a distinção entre enunciados/gêneros tipicamente humorísticos e enunciados/gêneros carnavalizados. Finalmente, levantamos problemas de pesquisa potenciais a serem explorados por futuras análises de corpora humorísticos contemporâneos.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Biografia do Autor

  • Beatriz Amorim de Azevedo e Silva, Universidade de São Paulo

    Doutoranda em Letras pela Universidade de São Paulo (Brasil)

     

Referências

BAKHTIN, M. A cultura popular na Idade Média e no Renascimento: o contexto de François Rabelais. Tradução por Yara Frateschi Vieira. 7. ed. São Paulo: Hucitec, 2010[1965].

BAKHTIN, M. Problemas da poética de Dostoiévski. Tradução direta do russo, notas e prefácio por Paulo Bezerra. 5. ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2013[1963].

BAKHTIN, M. Fragmentos de 1970-1971. In: BAKHTIN, M. Notas sobre literatura, cultura e ciências humanas. Organização, tradução, posfácio e notas por Paulo Bezerra. Notas da edição russa por Serguei Botcharov. São Paulo: Wmf Martins Fontes, 2017[1970-1971]. p. 367-392.

BAKHTIN, M. Sobre a pré-história do discurso romanesco. In: BAKHTIN, M. Teoria do Romance III: o romance como gênero literário. Tradução por Paulo Bezerra; organização da edição russa por Serguei Botcharóv e Vadim Kójinov. São Paulo: Editora 34, 2019[1965]. p. 11-63.

BAKHTIN, М. Творчество Франсуа Рабле и народная культура средневековья и Ренессанса. Moscou: Художественная Литература, 1990.

BRAIT, B. Do que rimos com Bakhtin? In: BRAIT, B.; PISTORI, M. H. C.; FRANCELINO, P. F. (org.). Linguagem e conhecimento (Bakhtin, Volóchinov, Medviédev). Campinas: Pontes, 2019. p. 43-72.

COAN, E. I. O domínio do entretenimento na contemporaneidade, Ação Midiática: Estudos em Comunicação, Sociedade e Cultura, n. 4, p. 1-16, 2012. Disponível em: https://revistas.ufpr.br/acaomidiatica/article/view/32457. Acesso em: 19 mar. 2021.

GRILLO, S. V. C. Esfera e campo. In: BRAIT, B. (org.). Bakhtin: outros conceitos-chave. São Paulo: Contexto, 2006. p. 133-160.

LAHIRE, B. Campo. In: CATANI, A. M. et al (org.). Vocabulário Bourdieu. Belo Horizonte: Autêntica, 2017. p. 64-66.

MAINGUENEAU, D. A análise do discurso e suas fronteiras, Matraga, Rio de Janeiro, v. 14, n. 20, p. 13-37, 2007. Disponível em: http://www.letras.ufmg.br/padrao_cms/documentos/nucleos/nad/MAINGUENEAU%20-%20An%C3%A1lise%20do%20discurso%20e%20suas%20fronteiras.pdf. Acesso em: 08 fev. 2022.

MAINGUENEAU, D. Gênese dos discursos. Tradução por Sírio Possenti. São Paulo: Parábola Editorial, 2008. (Lingua[gem] 27).

POSSENTI, S. Pelo humor na lingüística. DELTA: Documentação e Estudos em Linguística Teórica e Aplicada, v. 7, n. 2, p. 491-519, 1991. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/index.php/delta/article/view/45996. Acesso em: 12 jun. 2023.

POSSENTI, S. Limites do humor. Letras, n. 26, p. 103–110, 2003. DOI: http://doi.org/10.5902/2176148511885.

POSSENTI, S. Humor de circunstância, Filologia e Linguística Portuguesa, n. 9, p. 333-344, 2007. DOI: http://doi.org/10.11606/issn.2176-9419.v0i9p333-344.

POSSENTI, S. Cinco ensaios sobre humor e análise do discurso. São Paulo: Parábola Editorial, 2018. (Na ponta da língua 25).

Downloads

Publicado

2024-03-14

Como Citar

SILVA, Beatriz Amorim de Azevedo e. Bakhtin e Possenti em diálogo: caminhos para a compreensão do fenômeno do riso/humor na contemporaneidade. Linha D’Água, São Paulo, v. 37, n. 1, p. 245–267, 2024. DOI: 10.11606/issn.2236-4242.v37i1p245-267. Disponível em: https://revistas.usp.br/linhadagua/article/view/213700.. Acesso em: 20 jun. 2024.

Dados de financiamento