O testemunho dos vasos nupciais como fonte para a interpretação do lugar social da música na Antiguidade grega

Autores

  • Lidiane Carolina Carderaro Universidade de São Paulo. Museu de Arqueologia e Etnologia

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2448-1750.revmae.2023.211374

Palavras-chave:

vasos gregos, iconografia, música, cerimônia nupcial

Resumo

Este artigo tem por objetivo analisar como a iconografia com temática musical, encontrada nos vasos cerâmicos de origem grega, especialmente do Período Clássico, pode ser vista como fonte para a interpretação e compreensão sobre o rol social ocupado pela música na cultura ateniense, sobretudo do século V a.C. Valendo-se da representação de figuras executando instrumentos musicais em contextos cotidianos, esse tipo de documentação nos permite entender os espaços da cidade em que a música era elemento cultural presente, bem como o papel do músico nesses contextos. Dessa forma, valorizamos também o papel dessas imagens dentro daqueles mesmos contextos, como registro da vida cotidiana e de uma mensagem a ser transmitida publicamente. Para tanto, tomamos para análise o testemunho dos vasos de formas tipicamente relacionadas ao contexto nupcial, os lebes gamikos, de uso exclusivo das cerimônias matrimoniais, e os loutrophoros, cujo uso é relacionado a ritos nupciais e funerários.

Downloads

Os dados de download ainda não estão disponíveis.

Referências

Aldrovandi, C.E.V. 2009. A imagética pretérita: perspectivas teóricas sobre a Arqueologia da Imagem. Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia 19: 39-61.

Carderaro, L.; Cerqueira, F.V. 2015. Dioniso e Ariadne sob a harmonia de Apolo: uma leitura iconográfica da música no cortejo nupcial. Interfaces Brasil/Canadá 15 (1): 127-151.

Carderaro, L. 2020. Relações entre música e mitologia na iconografia de vasos gregos: a representação de seres mitológicos com atributos musicais. Tese de doutorado. Museu de Arqueologia e Etnologia, Universidade de São Paulo, São Paulo.

Clark, A.J.; Elston, M.; Hart, M.L. 2002. Understanding Greek vases: a guide to terms, styles, and techniques. Getty Publications, Los Angeles.

Dugas, C. 1960. Reccueil Charles Dugas. De Boccard, Paris.

Flores, G.G. 2017. Safo: fragmentos completos. Editora 34, São Paulo.

Hague, R.H. 1983. Ancient Greek wedding songs: the tradition of praise. Journal of Folklore Research 20 (2/3): 131-143.

Mason, C. 2006. The nuptial ceremony of Ancient Greece and the articulation of male control through ritual. Macalester College, St. Paul.

Metzger, H. 1985. Sur le valeur de l’attribut dans l’interprétation de certaines figures du monde éleusinien. In: Giraud, E.(Ed.). Eidolopoiia, Actes du Colloque sur les problémes de l’image dans le monde méditerranén classique Giorgio Bretschneider Ed., Rome, 173-179.

Oakley, J.H.; Sinos, R.H. 1993. The wedding in ancient Athens. University of Wisconsin Press, Madison.

Sabetai, V. 2014. The wedding vases of the Athenians: a view from sanctuaries and houses In: Dossier: des vases pour les Athéniens: vie-ive siècle avant notre ère. Éditions de l’École des Hautes Études en Sciences Sociales, Paris, 51-79.

Schnapp, M. 1988. Why did the Greeks need images? Procedings of the 3rd Symposium on Ancient Greek and Related Pottery, 1987, Copenhagen.

Sgourou, M. 1994. Attic lebetes gamikoi. University of Cincinnati, Diss.

Smith, A.C. 2005. The politics of weddings at Athens: an iconographic assessment. Leeds International Classical Studies 4 (1): 1-32.

Ulieriu-Rostás, T.E. 2013. Music and socio-cultural identity in Attic vase painting: prolegomena to future research. Music in Art 38 (1-2): 9-26.

Vergara Cerqueira, F. 2000. A iconografia dos vasos gregos antigos como fonte histórica. História em Revista 6: 1-7.

Vergara Cerqueira, F. 2004. O testemunho da iconografia dos vasos áticos dos séculos VI e V a.C.: fundamentação teórica para sua interpretação como fonte para o conhecimento da cultura e sociedade da Grécia Antiga. História em Revista 10: 1-22.

Vergara Cerqueira, F. 2013. A temática musical na iconografia dos lekythoi de fundo branco: simbolismos funerários da lyra, do barbitos e da phorminx. In: Vergara Cerqueira, F. et al. (Orgs.). Saberes e poderes no Mundo Antigo. Imprensa da Universidade, Coimbra, 144-171.

Downloads

Publicado

2023-12-29

Edição

Seção

Estudos iconográficos (Antiguidades mediterrânicas e pré-colombianas)

Dados de financiamento

Como Citar

CARDERARO, Lidiane Carolina. O testemunho dos vasos nupciais como fonte para a interpretação do lugar social da música na Antiguidade grega. Revista do Museu de Arqueologia e Etnologia, São Paulo, Brasil, n. 41, p. 110–121, 2023. DOI: 10.11606/issn.2448-1750.revmae.2023.211374. Disponível em: https://revistas.usp.br/revmae/article/view/211374.. Acesso em: 22 maio. 2024.